transporte-escolar-tv-696x583

Detran-PB reinicia calendário de vistorias do transporte escolar

 

 Ação segue até dezembro

transporte-escolar-tv-696x583

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) e o Ministério Público da Paraíba (MPPB) retomam, neste final de semana o calendário de vistorias do transporte escolar no estado, programado previamente para este semestre. De acordo com o cronograma, as fiscalizações que visam coibir irregularidades do setor terão início nas Ciretrans de Cajazeiras, Uiraúna, Patos, Conceição, Itaporanga e Pombal.

A partir dessa data, novos itens serão fiscalizados, em cumprimento à resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). São eles: utilização obrigatória de espelhos retrovisores, equipamentos do tipo câmera-monitor ou outro dispositivo equivalente a ser instalado nos veículos destinados ao transporte coletivo de escolares. A finalidade é garantir aos condutores desses veículos a completa visão da área adjacente durante o embarque e desembarque de passageiros.

Duas equipes de vistoriadores do Detran-PB, com quatro servidores cada uma, participarão da fiscalização. Segundo o coordenador de Vistorias do Transporte Escolar do Detran-PB, Renato Prado, as equipes compostas pela autarquia de trânsito, do MPPB e demais órgãos envolvidos, atuarão nos finais de semana dos meses de agosto a dezembro deste ano.

Entre os itens avaliados e que mais reprovam estão pneus, extintores e cinto de segurança. Já no tocante aos motoristas, a maioria trafega sem comprovação do curso específico de condutor de transporte escolar e sem constar a informação obrigatória de atividade remunerada na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
A fiscalização é feita pelo Detran, com o apoio do MPPB; Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran); Polícia Rodoviária Federal (PRF); Instituto de Metrologia e Qualidade (Imeq); Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), e Departamento de Estradas de Rodagens (DER).

CONFIRA O CALENDÁRIO ATÉ DEZEMBRO:

https://gallery.mailchimp.com/63cd2f513d25ab116c25e0753/files/c6da6710-ee47-4958-842f-c41738646199/15.08.19_Tabela_Detran.pdf

SARAMPO PB

Secretaria de Estado da Saúde emite alerta contra sarampo na Parahyba

SARAMPO PB

A Secretaria de Estado da Saúde emitiu um alerta aos serviços de saúde para casos suspeitos de sarampo, embora a Paraíba apresente somente um caso em investigação. O cuidado se deve ao fato de que no Brasil, até o dia 3 de agosto – Semana Epidemiológica 31, foram confirmados 1.388 casos de sarampo, sendo 1.322 (95,2%) nos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Paraná, que estão com surtos de sarampo, e 66 (4,8%) nas demais Unidades da Federação, as quais não se encontram com surtos da doença.

Diante dos casos em todo o território nacional, a gerente de Vigilância em Saúde, Talita Tavares, alerta que deve ser notificado como caso suspeito “todo paciente que apresentar febre e exantema maculopapular morbiliforme (manchas avermelhadas), acompanhados de um ou mais dos seguintes sinais e sintomas: tosse e/ou coriza e/ou conjuntivite, independentemente da idade e situação vacinal; ou todo indivíduo suspeito com história de viagem para locais com circulação do vírus do sarampo, nos últimos 30 dias, ou de contato, no mesmo período, com alguém que viajou para local com circulação viral”.

O secretário de Estado da Saúde, Geraldo Medeiros, explica que “a notificação de caso suspeito de sarampo é obrigatória e deve ser feita às autoridades sanitárias e de vigilância em até 24 horas. Apresentando essa sintomatologia, é importante ir ao posto de saúde mais próximo para receber a devida assistência”.

Os Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Sergipe, Minas Gerais, Santa Catarina, Pernambuco, Amazonas e Roraima apresentam casos confirmados de sarampo. A Paraíba apresenta um caso em investigação, de acordo com o boletim epidemiológico publicado pelo Ministério da Saúde nesta sexta-feira (16), aguardando confirmação laboratorial.

Imunização– A vacina é a única forma de prevenção do sarampo. A tríplice viral protege contra sarampo, rubéola e caxumba e está disponível nas salas de vacina dos municípios.

A Secretaria Estadual de Saúde ressalta a importância de finalizar o esquema vacinal para evitar casos da doença. A Paraíba apresenta 83,94% cobertura da primeira dose da tríplice viral. A meta é de 95%.  O secretário Geraldo Medeiros orienta os gestores municipais de saúde que “fortaleçam as estratégias, divulguem e implementem as medidas necessárias para, na ocorrência de casos suspeitos, desencadearmos as medidas em tempo oportuno”. O secretário convida a população para se “unir à Secretaria de Saúde com o objetivo de se vacinar e evitar mortes”.

A imunização com a tríplice deve seguir o seguinte esquema:

– Indivíduos de 12 meses a 29 anos de idade: 2 doses de tríplice viral com intervalo mínimo de 30 dias entre elas;

– Indivíduos de 30 a 49 anos de idade não vacinados: 1 dose de tríplice viral;

– Profissionais de saúde não vacinados: 2 doses com a vacina tríplice viral independente da idade, com intervalo mínimo de 30 dias entre elas.

No momento, ainda é indicada a vacinação de crianças de 6 meses a menores de 1 ano que vão se deslocar para municípios que apresentam surto ativo de sarampo. A imunização deve ser feita pelo menos 15 dias antes da viagem.

A Secretaria Estadual de Saúde, por meio da Gerência Executiva de Vigilância em Saúde, segue o protocolo de investigação de todos os casos que forem notificados para o agravo e disponibiliza uma equipe de plantão para receber as informações devidas e auxiliar os serviços de saúde em qualquer necessidade mediante caso suspeito.

FONTE – Secom PB

 

Sudema realiza workshop sobre licenciamento de antenas na Paraíba

antenas sudema

A Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema) realiza, nos dias 15 e 21 de agosto, em João Pessoa,  um workshop para capacitação dos empreendedores de telecomunicações com relação às novas regras de licenciamento para o setor. O evento ocorrerá no auditório da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), das 9h às 12h.

Em dezembro de 2018, a Sudema atualizou a Norma Administrativa 122/2009, prevendo novos procedimentos de licenciamento ambiental para as empresas de infraestrutura e de telecomunicações. Entre as novidades está a separação entre as licenças da estrutura e da estação, iniciativa pioneira entre os órgãos ambientais brasileiros.

No workshop, técnicos da Sudema irão apresentar os novos regramentos, bem como toda a documentação necessária para a obtenção das licenças. A lista de documentos também já se encontra disponibilizada no site da Sudema.

A Cinep fica localizada na Avenida Feliciano Cirne, 50, Jaguaribe, em João Pessoa.

 

 

 

CONFIRA ENTREVISTA  DE MARIA APARECIDA ASSIS, técnica da SUDEMA, PARA ENTENDER MELHOR A REGULAMENTAÇÃO DAS ANTENAS:

UNIDADE DOS BOMBEIROS EM ITABAIANA

Governo da Paraíba entrega unidade dos Bombeiros para atender mais de 140 mil pessoas

João Azevêdo entrega Companhia Independente dos Bombeiros em Itabaiana
JOÃO AZEVEDO ENTREGA UNIDADE DOS BOMBEIROS EM ITABAIANA

 

O governador João Azevêdo entregou, nesta quarta-feira (14), a 6ª Companhia Independente do Corpo de Bombeiros Militar, no município de Itabaiana, que recebeu investimentos superiores a R$ 800 mil, oriundos do tesouro estadual. A Companhia vai realizar atendimento nas diversas modalidades dos bombeiros, além de trabalhos preventivos, beneficiando mais de 140 mil pessoas da região.

Na ocasião, o chefe do Executivo estadual foi homenageado pelo fortalecimento do Corpo de Bombeiros no Estado e pelo seu aniversário. A solenidade foi prestigiada pela primeira-dama Ana Maria Lins, familiares, deputados estaduais, prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças políticas da região, além de auxiliares do Governo da Paraíba.

Em seu pronunciamento, o governador João Azevêdo ressaltou que a nova Companhia irá agilizar o atendimento do Corpo de Bombeiros na região. “Hoje é um dia de comemorar e celebrar mais uma ação da segurança púbica porque todo o Vale do Mamanguape poderá utilizar os serviços.  A expansão de unidades como essa oferece segurança direta porque o trabalho da Corporação é muito importante e, a partir de agora, essa região terá uma assistência muito mais rápida numa necessidade. Além disso, o Corpo de Bombeiros está totalmente integrado ao sistema de segurança pública”, frisou.

O secretário da Segurança e da Defesa Social, Jean Francisco Nunes, afirmou que a Companhia do Corpo de Bombeiros em Itabaiana reforça a política de descentralização de ações na área. “Itabaiana é uma cidade polo e essa Companhia vai cuidar de uma área muito grande, o que é muito importante para a população. O governador tem intensificado os investimentos, tanto que na semana passada inauguramos o Batalhão Motorizado e teremos novas inaugurações por parte das Polícias Civil e Militar, a exemplo do Instituto de Polícia Científica de Cajazeiras; enfim é uma série de obras e equipamentos que está sendo entregue para prestar um melhor serviço aos paraibanos”, disse.

O comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Marcelo Araújo, comemorou o crescimento da Corporação e detalhou os serviços que estarão à disposição de Itabaiana. “Além do combate a incêndio e resgate, aqui vai funcionar a parte de vistoria do Corpo de Bombeiros. Nós também vamos desenvolver projetos junto à comunidade, a exemplo do Bombeiro Mirim e o Bombeiro na Escola, pois estamos melhorando a nossa busca pela excelência dos serviços que prestamos à sociedade”, falou.

O comandante da 6ª Companhia Independente dos Bombeiros, major Diego Martins, falou da expectativa para o início dos trabalhos. “O nosso efetivo já está em condições para atender as ocorrências de busca, salvamento e combate a incêndio e para colaborar com Itabaiana e cidades circunvizinhas. Nós já contamos com viaturas e 20 homens e mulheres que darão respostas e atenderão à população”, afirmou.

O prefeito de Itabaiana, Lúcio Flávio, agradeceu a parceria com o Governo do Estado para instalação da Companhia do Corpo de Bombeiros no município. “Itabaiana e região agradecem pelo presente que garantirá maior segurança e atenderá uma demanda antiga da população. Essa obra nos dá uma satisfação imensa e vai ficar na minha memória”, declarou.

A aposentada Vera Lúcia do Nascimento agradeceu ao Governo do Estado pelo investimento em Itabaiana. “Foi uma benção para nós. Estou muito satisfeita, o prédio ficou muito bonito e só temos que comemorar”, relatou.
A dona de casa, Iolanda Moura, também parabenizou a ação do Governo. “A chegada do Corpo de Bombeiros está aprovada e, além disso, a localização da Companhia é muito boa para o nosso bairro”, avaliou.

A Companhia possui alojamentos masculino e feminino, banheiros, pátio coberto, refeitório, cozinha, estacionamento de veículos leves e pesados e reservatórios elevado e inferior.

O Corpo de Bombeiros possui Companhias em Pombal, Catolé do Rocha, Princesa Isabel, Sapé, Mamanguape, Cabedelo e Itabaiana. Já os Batalhões estão instalados em João Pessoa, Campina Grande, Guarabira, Patos, Sousa e Cajazeiras. E os três Comandos Regionais estão sediados em João Pessoa, Campina Grande e Patos.

FONTE – SECOM

OUÇA MATÉRIA

JACKSON DO PANDEIRO - CAPA LIVRO

Selecionadas as atrações do FESTIVAL JACKSON DO PANDEIRO

JACKSON DO PANDEIRO - CAPA LIVRO

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba divulgou, nesta quarta-feira (19), a lista de propostas selecionadas para compor a programação do Festival de Artes Jackson do Pandeiro. O evento, que acontece no período de 25 a 28 de julho, em João Pessoa, é realizado pela Funesc, como parte das comemorações do centenário de nascimento do cantor, compositor e ritmista paraibano mundialmente conhecido como o Rei do Ritmo. Ao todo, foram escolhidas 45 propostas nas áreas de música, teatro, dança, circo, literatura, audiovisual e cultura popular. Entre as atrações já confirmadas estão o show do pernambucano Lenine, oficina de pandeiro ministrada pelo pernambucano Marcos Suzano e concerto da Orquestra Sinfônica da Paraíba.

Para as atrações selecionadas por meio de edital, os cachês variam de R$ 500 a R$ 3.000, de acordo com as atividades descritas no fim da matéria. A lista completa está disponível no site www.funesc.pb.gov.br. Apesar de o tema ser o centenário de Jackson do Pandeiro, nem todas propostas têm a obrigação de seguir o mote do evento.

A programação cultural do Festival de Artes Jackson do Pandeiro abrangerá shows, cortejos, apresentações, performances, intervenções, espetáculos, palestras, exposições, mostras, oficinas, encontros e outras atividades de formação artístico-culturais. Serão quatro dias de atividades intensas concentradas no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa. O evento contará, ainda, com dois shows de atrações nacionais a serem revelados posteriormente.

Para dar mais vigor à homenagem, o Espaço Cultural se dividirá em polos e cada um deles será nomeado com títulos ou trechos de canções de Jackson do Pandeiro. A Praça do Povo se chamará ‘Sebastiana’. Já a Sala de Concertos Maestro José Siqueira será o ‘Canto da Ema’ durante os quatro dias de evento. O Teatro Paulo Pontes será ‘Cabeça Feita’ enquanto o Teatro de Arena será ‘Chiclete com Banana’. O Cine Banguê passará a ser ‘Jack Perry’. Até o Estacionamento entrará no ritmo com o nome ‘A Ordem é Samba’. A Feira Criativa que acontecerá ao longo do festival será ‘B com A’ enquanto que o Planetário ganhará o sugestivo nome ‘Eu Vou pra Lua’, a Galeria Archidy Picado será o ‘Quadro Negro’ e os Auditórios serão o polo ‘Luz do Saber’.

Jackson do Pandeiro – Nome artístico de José Gomes Filho, nascido em Alagoa Grande, em 31 de agosto de 1919, e que passou boa parte da vida em Campina Grande. Começou a admirar a música por meio da sua mãe, a cantadora de coco Flora Maia, que colocou o filho para tocar zabumba aos sete anos. Seu primeiro sucesso, “Sebastiana”, na década de 1950, o lançou para o Brasil e para o mundo. Jackson chegou a fazer duetos e parcerias com nomes como Luiz Gonzaga, Edgar Ferreira e Rosil Cavalcanti e ganhou o título de Rei do Ritmo. Ele morreu vítima de embolia pulmonar e cerebral em 10 de julho de 1982, aos 62 anos, em Brasília (DF).

https://paraiba.pb.gov.br/noticias/funesc-divulga-propostas-selecionadas-para-festival-de-artes-jackson-do-pandeiro/propostas-selecionadas-para-o-festival-de-artes-jackson-do-pandeiro.pdf

Prazos para pagamento do IPVA e comprovação de isenção de placa com final 6 terminam no dia 28 de junho

TRÂNSITO JAMPA

Os proprietários de veículos, com final de placa 6 no Estado da Paraíba, devem antecipar o pagamento do IPVA (Imposto Sobre a Propriedade de Veículos Automotores) até o dia 28 de junho, como forma de evitar acréscimos de juros e multa. Essa é a data limite também para aqueles que solicitaram a isenção do tributo no ano passado da placa final 6. Agora, eles deverão realizar a comprovação dos documentos em qualquer repartição fiscal da Secretaria de Estado da Fazenda (SEFAZ-PB) mais próxima de seu domicílio.

Para quem vai pagar o IPVA com placa final 6, os contribuintes terão três opções de pagamento do tributo. A primeira é a cota única com desconto de 10% à vista. A segunda opção é o pagamento em três parcelas, mas sem desconto, sendo a primeira com vencimento até o dia 28 deste mês. A terceira opção é o pagamento total do IPVA no dia 30 de agosto, também sem o desconto de 10%.

Pagamento por ficha de compensação – A SEFAZ-PB ampliou os locais para pagamento do IPVA, caso o contribuinte escolha, no ato da impressão, a opção ‘Ficha de Compensação’. Com ela, o contribuinte poderá pagar o tributo em casas lotéricas, correspondentes bancários e em toda a rede bancária. Se a opção permanecer no Documento de Arrecadação (DAR), o pagamento fica restrito ao Banco do Brasil.

Regras para Ficha de Compensação – O contribuinte precisa ficar atento também às regras da impressão para pagamento por Ficha de Compensação. A primeira delas é o tempo de espera para pagar. O boleto emitido por Ficha de Compensação necessita de até 60 minutos para ser registrado no sistema de pagamentos da rede bancária. Ou seja, se o pagamento for realizado na mesma data de impressão, em virtude das normas recentes da Federação Brasileira de Bancos, os contribuintes vão precisar esperar até 60 minutos antes de efetuar o pagamento diretamente na rede bancária ou nas lotéricas.

Impressão dos boletos via Portais – A SEFAZ-PB contabiliza em seus lançamentos 103 mil veículos com placa final 6. Os boletos do IPVA deverão ser impressos por meio da internet. A emissão está disponibilizada no portal da SEFAZ-PB www.receita.pb.gov.br, mas também no do Detran-PB: http://www.detran.pb.gov.br/. O boleto poderá também ser impresso, preferencialmente, em uma repartição fiscal ou então nas unidades do Detran-PB.

Pagamento das parcelas anteriores – Pagamento das parcelas anteriores – Para quem optou pelo parcelamento do IPVA dos veículos com finais das placas 4 e 5, os proprietários precisam também antecipar o pagamento das parcelas até o dia 28 de junho. Quem parcelou em três vezes a placa final 4, deverá pagar a terceira e última parcela, enquanto a placa final 5 tem vencimento o segundo pagamento da parcela. Também vence no dia 28 de junho o pagamento daqueles que optaram pelo pagamento total sem desconto da placa final 4.

Comprovação da isenção da placa final 6 – As categorias como taxistas, portadores de deficiência (física, visual, mental ou autista), veículos cadastrados no Ministério do Turismo na qualidade de transporte turístico; motofretistas e de motoboys até 150 cilindradas, de placa final 6, que requisitaram no ano passado a isenção do IPVA, precisam, agora, comprovar com documentação até o dia 28 de junho na repartição fiscal mais próxima do domicílio para gozar do direito em 2019. Neste mesmo dia, essas categorias já podem requerer a isenção de 2020.

É importante lembrar que esses veículos isentos deverão pagar as demais taxas que envolvem o emplacamento, como seguro obrigatório (DPVAT), licenciamento do Detran-PB e a Taxa de Bombeiro.

CONTAG E FETAEG

CONTAG e FETAEG discutem políticas de acesso a terra em Goiás

 

Durante dois dias, representantes de 40 entidades sindicais dos trabalhadores e trabalhadoras rurais do estado de Goiás, estão discutindo as políticas de acesso a terra e de permanência no campo. O evento é realizado pela CONTAG – Confederação Nacional do Trabalhadores rurais  e Agricultores e Agricultoras familiares  – e a FETAEG – Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do estado de Goiás. O encontro de dois dias (18 e 19) é realizado em Goiânia-GO, com apoio do SENAR – Serviço Nacional de Aprendizado Rural.

CONTAG E FETAEG

“Estamos aqui para motivar e mobilizar nossa categoria, para a continuidade das políticas de acesso a terra e permanência no campo. Nós não podemos deixar que nenhum governo destrua  as políticas públicas do campo”, afirmou Elias Borges, secretário de política agrária da CONTAG, durante a “oficina” de capacitação realizada em Goiânia. No mesmo tom, o presidente da FETAEG, Alair Luiz dos Santos, disse que agora é hora de fortalecer mais ainda a luta pela reforma agrária e pressionar os parlamentares para garantir as políticas públicas. “Estamos firmes e vigilantes nas discussões sobre a reforma da previdência, mas ainda temos muitas demandas de trabalhadores rurais sem terra para produzir, e estamos vendo um desmonte das políticas de desapropriação, aquisição de terra e abertura de crédito para os trabalhadores e trabalhadoras rurais”, disse Alair dos Santos na abertura do evento.

OFICINA REFORMA AGRÁRIA

O encontro também serviu para mobilização da Marcha das Margaridas, que acontecerá em Brasília no mês de agosto. A marcha é considera a maior mobilização sindical deste ano no Brasil. Goiás está mobilizando trabalhadoras de todos municípios para se juntas as 100 mil manifestantes que vão ocupar Brasília.

No segundo dia de trabalho, a Oficina de Capacitação vai discutir as políticas de acesso a terra pelo Programa Nacional de Crédito Fundiário – PNCF. Em Goiás a política deu certo nos últimos anos, mas segundo os dirigentes sindicais, o programa ainda tem muitas pendências, principalmente sobre a continuidade da modalidade.

Nesta quarta-feira, 19, os gestores do  PNCF vão  participar das discussões sobre o  andamento do programa no estado de Goiás.  O encontro acontece no auditório do Hotel Umuarama em Goiânia.

CAPA LIVRO

A EDUCAÇÃO E A ESQUERDA: O LIVRO

MINHA DICA:

CAPA LIVRO

A Boitempo lançará neste mês uma coletânea de ensaios de esquerda sobre educação . Educação contra barbárie: por escolas democráticas e pela liberdade de ensinar trará ensaios sobre temas como revisionismo histórico, experiência de educação popular, financiamento do ensino público, dilemas da educação à distância e a controversa “ideologia de gênero”.

Organizado pelo especialista em políticas públicas de educação Fernando Cássio, o livro inclui textos de bell hooks, Sônia Guajajara e Daniel Cara, entre outros.

O livro tem prólogo de Fernando Haddad e texto de capa de Mario Sergio Cortella.

 

https://www.boitempoeditorial.com.br/

 

FOTO AMPARO RÁDIO

Rádio Experimental é novidade na Festa de Emancipação Política de Amparo

Nas comemorações de 25 anos de emancipação política de Amparo-PB (244km da capital)  uma experiência nova faz parte da programação da festa, uma Emissora de Rádio Experimental, transmite ao vivo as festividades.

FOTO AMPARO RÁDIO

O Jornalista Luiz Henrique está mostrando a novidade à comunidade local. “Esse é um passo para começar a organização da Rádio Comunitária de Amparo. O município já está na Lista do Plano Nacional de Outorga – PNO – que autoriza o funcionamento de uma emissora na cidade. Estou aqui para contribuir com a festa e animar a comunidade para conquistar sua rádio”, disse o Jornalista Luiz Henrique. Agora o caminho é capacitar a comunidade local e criar a entidade cultural para concorrer ao editar da emissora de rádio.

A rádio funcionará durante todo dia de domingo (28 de abril) no estande da festa. A frequência da Rádio é 104,9 MHz e com alcance de até 10km de raio. Portanto, a cobertura é em todo município. O radialista Wanderley Paulo vai comandar a programação da Rádio Experimental AMPARO FM.

DSC_0380-min IGREJA MATRIZ AMPARO

DADOS SOBRE A CIDADE:

https://cidades.ibge.gov.br/brasil/pb/amparo/panorama

FETAGRO coordena encontro

Dirigentes sindicais em Rondônia discutem políticas de acesso à terra e permanência no Campo


Encontro reúne representantes de 21 municípios

A Política Nacional de Crédito Fundiário e a regularização de terra no estado de Rondônia, dominaram a pauta da Oficina Estadual de Formação e capacitação para acesso à terra  e Políticas de Permanência no Campo. O encontro acontece no município de Ouro Preto do Oeste-RO, nos dias 23  e 24 de abril,   com realização da CONTAG e FETAGRO, com apoio do SENAR.

FETAGRO coordena encontro
A Oficina coloca à mesa os representantes da UTE-RO (Unidade Técnica de Extensão Rural), representantes de Cartórios e os dirigentes sindicais, para busca de caminhos para soluções dos graves problemas agrários no estado de Rondônia. “Aqui não estamos realizando uma simples oficina, aqui é uma discussão de alto nível, com buscas imediatas de soluções e  construções de caminhos de luta para regularizar milhares de famílias de agricultores familiares em Rondônia”, afirmou o secretário de política agrária da CONTAG – Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familares – Elias Borges.
Alessandra Lunas , presidenta da FETAGRO fala com dirigentes

Alessandra Lunas , presidenta da FETAGRO fala com dirigentes

Alessandra Lunas, presidenta da FETAGRO e Márcio Viana, secretário de política agrária, sintonizaram nas discussões, e desejam caminhos para continuidade do Programa Nacional de Crédito Fundiário – PNCF – que é uma das pautas centrais da oficina no norte do país.
No segundo dia do encontro, os dirigentes discutiram com o Superintendente do INCRA Rondônia, Erasmo Tenório da Silva , as políticas de obtenção de áreas no estado. No debate também se buscou a imediata implantação das políticas de desenvolvimento dos assentamento rurais em Rondônia.

CONTATO – Elias Borges – CONTAG – 61 98143-0019
1 2 3 25