PARREIRA

CURSO EM AGROECOLOGIA NA UFAL RECEBE INSCRIÇÃO ATÉ DIA 20 DE JULHO

PRONERAPARREIRA

Estão abertas as inscrições para o Curso de Bacharelado em Agroecologia via Pronera na Universidade Federal de Alagoas (UFAL), que será ofertado em sistema de alternância, compreendendo o tempo escola, de caráter intensivo, com 12 etapas presenciais, previstas para ocorrer entre o segundo semestre de 2018 e o primeiro semestre de 2023; e o tempo comunidade, de acordo com o Projeto Pedagógico Curricular (PPC).

Os interessados em participar do processo devem se inscrever até o dia 20 de julho 2018, na Secretaria do curso de Bacharelado em Agroecologia do Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de Alagoas, localizada na BR 104, Km 85, s/n, Rio Largo – AL, CEP 57.100-000, ou através do e-mail: agroecologiaproneraufal@gmail.com.
O Curso de Bacharelado em Agroecologia tem  etapas presenciais  e serão projetadas para apresentar, em média, 25 dias letivos. Após a realização de cada tempo escola, os discentes terão que desenvolver os Projetos Integradores (PI), que compõem as atividades do tempo comunidade e representam 30% da carga horária total do curso. Os PIs serão definidos durante o tempo escola e os resultados serão contabilizados no cálculo das médias das disciplinas.

A sede do curso será o Centro de Ciências Agrárias (CECA) da Universidade Federal de Alagoas, onde se dará a maior parte das atividades no tempo escola. Algumas disciplinas e módulos poderão ser ministradas em outras instituições de ensino superior ou centros de formação no estado de Alagoas.

A secretária de Políticas Sociais da CONTAG -Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais, Agricultores e Agricultoras Familiares –  Edjane Rodrigues, ressalta que a Educação é elemento fundamental para a conquista da cidadania e a efetivação de direitos. “Este curso irá proporcionar aos agricultores e agricultoras familiares dos assentamentos de reforma agrária e crédito fundiário uma formação qualificada em Agroecologia, contribuindo para mudanças da matriz produtiva, no qual fortalece organicamente a produção e aprofunda a discussão da construção de um projeto alternativo para o campo dentro da visão e concepção de desenvolvimento rural sustentável”, destaca a dirigente.

CONFIRA O EDITAL:

 

http://contag.org.br/arquivos/portal/Edital%20pronera%20ufal.pdf

Fundação Pró-Cerrado discute políticas para juventude

 

Instituição goiana atua há mais de 20 anos na promoção da cidadania e colabora para o desenvolvimento socioeconômico do Brasil.

 

A Fundação Pró-Cerrado (FPC) realiza, nos próximos dias 27 e 28 deste mês,o VII Fórum Ibero-Americano: Fazendo Política Juntos, de caráter internacional. O evento, que acontece no auditório do Tribunal Superior do Trabalho (TST) – em Brasília, reunirá autoridades do mundo todo para discutir políticas públicas para a juventude. A Liga Ibero-Americana de Organizações da Sociedade Civil (La Liga) e a Rede Pró-Aprendiz (RPA) também fazem parte da realização do encontro.

“As políticas públicas de juventude no Brasil são sempre sazonais. A única que nós temos, baseada na legislação e que não é de um ou outro governo, é a Política Pública de Aprendizagem. Precisamos estimular a implantação efetiva delas no país”, afirma o Superintendente da Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi) e membro da junta diretiva da La Liga, Valdinei Valério. “Este fórum vai nos proporcionar a possibilidade de levarmos ideias e também reivindicações às assembleias legislativas e até mesmo ao Congresso Nacional para mudar esta realidade”, completou o superintendente.

A fim de construir um espaço de discussão na sociedade civil para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas à juventude, o evento visa, por meio de palestras e dinâmicas de interação, promover ações que aumentem as oportunidades de capacitação, educação e trabalho para os jovens e o exercício pleno dos direitos deles enquanto cidadãos.

Fundação Pró-Cerrado

Organização da sociedade civil, a FPC atua há mais de 20 anos na promoção da cidadania, em parceria com o poder público, a iniciativa privada e o terceiro setor.

Por meio de programas diversos de atendimento ao Jovem, a instituição colabora para o desenvolvimento socioeconômico do nosso país: combate a violência e a evasão escolar, gera emprego e renda, além de estimular a formação integral do ser humano.

“Hoje a FPC mantém programas de inclusão laboral em pelo menos 24 estados da federação e já exportou essa tecnologia para muitos países”, garante Valdinei Valério.

O trabalho da Fundação Pró-Cerrado (FPC) é inspirado pelo Jovem e sua expressiva capacidade de transformação social.

Serviço

Assunto: VII Fórum Ibero-Americano: Fazendo Política Juntos;

Data: 27/09 e 28/09;

Horário: 27/09 das 13h30 às 17h30; 28/09 das 09h00 às 17h30;

Local: Auditório do Tribunal Superior do Trabalho (TST), Setor de Administração Federal Sul  – Quadra 8 – Lote 1 – CEP 70.070-943;

Fontes:

Superintendente da Renapsi –Valdinei Valério Silva (62) 99255-4419

Secretário Nacional de Juventude – Bruno Moreira Santos – (61) 99593-4054

Ministra do TST e vice-coordenadora do Programa Nacional de Combate ao Trabalho Infantil e Estimulo à Aprendizagem – Kátia Arruda(61) 3043-4920 ou (61) 3043-4920

1ª Dama do Distrito Federal – Márcia Rollemberg – (61) 3425-4739

 

 

A revista NOVA ESCOLA,  formou uma equipe composta pelos jornalistas Bruno Mazzoco, Lídia Borges e Rodrigo Ratier ; esses  profissionais desnudaram as ORGANIZAÇÕES SOCIAIS em Goiás. Para quem deseja entender a estrutura dessas organizações,  que  estão de credenciando  para gerenciar o educação no estado de Goiás, deve ler com atenção a matéria especial.

Faça uma leitura cuidadosa, copie e cole o endereço:

http://revistaescola.abril.com.br/politicas-publicas/radiografia-oss-goias-938045.shtml