NORDESTE GOIANO: uma potência para investimentos com sustentabilidade!

 Falar do Nordeste Goiano é também falar de sua cultura, da identidade local

de uma região autenticamente histórica, que manteve os elementos constitutivos

da realidade regional.

A região Nordeste foi ocupada devido à exploração de minérios, principalmente ouro, com a implantação de arraiais desde a área do atual Distrito Federal até o município de Natividade, hoje situado no Estado do Tocantins. A posição geográfica de cada arraial se definiu a partir da localização das minas de ouro existentes, e não de aglomerações de famílias, como normalmente se deu no

início de outras cidades do Estado.

O Nordeste Goiano possui área de 38.726,364 km², representando 11.39% da área total do Estado. Como região de planejamento compreende a microrregião

Chapada dos Veadeiros e microrregião Vão do Paranã. Abrange 20 municípios e

faz divisa com os Estados de Tocantins, Bahia, Minas Gerais e o Distrito Federal.

A região faz parte do Semi-árido brasileiro, com vegetação predominante de

cerrado, constituído por cerrado propriamente dito, cerradão, campos, mata ciliar

e veredas. O cerrado, que possui grande diversidade biológica, é tido como o

mais antigo dos ecossistemas brasileiros.

A Organização das Nações Unidas para a Educação Ciência e Cultura – Unesco propôs o Programa “O Homem e a Biosfera” objetivando criar e consolidar as Reservas da Biosfera no planeta. Foram criadas em torno de 400 reservas aproximadamente em 90 países com o objetivo de conservação da biodiversidade, implantação do desenvolvimento sustentável e o aprimoramento científico.

Em novembro do ano de 2000, a Unesco concedeu ao Nordeste goiano o

título de Reserva da Biosfera, com a criação da Reserva da Biosfera Goyaz, caracterizando-a como uma das áreas de maior biodiversidade existentes no País,

tendo como zonas núcleo o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros e o Parque

Estadual de Terra Ronca.

O Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros é uma das principais unidades

de conservação existentes no Nordeste Goiano, com 65.514 há. Detém as nascentes dos Rios Preto, dos Couros, das Almas, Macaco e São Bartolomeu, que

abastecem o Rio Tocantins, um dos principais afluentes da Bacia do Amazonas.

O Parque Estadual de Terra Ronca, com área de 50.000 ha, se localiza no

município de São Domingos. Os maiores atrativos turísticos do Parque são as

grutas e cavernas, consideradas como um dos maiores complexos de cavernas da

América Latina, que atraem espeleólogos, turistas e praticantes de turismo de

aventura de todas as partes do mundo.

Vamos começar a pensar na RIO +20 (Conferência das Nações Unidas Sobre Desenvolvimento Sustentável), e potencializar o que temos de mais importante para o mundo; nosso ecossistema!

Em recente visitação aos parques de Terra Ronca e Chapada dos Veadeiros, redescobri que ali estão as nossas pérolas e nossos potenciais para a redenção econômica com sustentabilidade para a região nordeste do estado de Goiás. O turismo de aventura e ecológico,  parece ser o maior filão para investimentos na região. Temos potencial para atrair turistas durante a COPA 2014 como também atrairmos investimentos para a preservação ambiental do “Tesouro Cerrado”.

É nesse contexto, que pretendemos dinamizar e ajudar alavancar o DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL da região, retomando um projeto de COMUNICAÇÃO, iniciado em 1991 na cidade de Alvorada do Norte,  com a primeira RÁDIO LIVRE do Estado de Goiás e o Jornal VALE DO PARANÃ. A proposta inicial é retomar o JORNAL impresso e On Line, com a participação livre das comunidades e interação com as redes sociais.

Vamos a luta!

Fonte: Governo de Goiás – Sec. de Planejamento.

Fonte: Governo de Goiás – Sec. de Planejamento.

Um “amigo falsário da gente”

O mote “amigo”  utilizado para fazer campanha extemporânea, apresenta os resultados depois de vários anos. Foi assim com o “AMIGO DA GENTE”, um slogan utilizado por um deputado federal-radialista, que tenta dividir sua atividade profissional com as ações ilícitas da política.

Num período mais recente, o “amigo” foi flagrado e desmoralizado, suspeito de plagiar projetos na Câmara dos Deputados. No microfone, diariamente  ele faz um estilo popularesco,  tornando o programa de rádio similar a  uma roleta de jogo-de-azar, o “amigo” engana os ouvintes com programas gravados com tonalidade de ao vivo. Os sorteios, sem fiscalização, chegam até 5 mil reais e um Salário Mínimo por dia, tornando o programa uma jogatina radiofônica.

Amigo; que tem ar de benevolência, afeto e amor, torna-se  um mote de cabra safado, pois muita gente faz uma campanha extemporânea, utilizando  o adjetivo como se um substantivo fosse. “Amigos do fulano de tal”, ou “Eu sou amigo de beltrano em 2012”. Assim, os tais amigos disfarçam um crime eleitoral e criam uma falsa amizade quando  eleitos.

O tal deputado goiano, mente sobre o Caso Cachoeira, mente no rádio  quando faz sorteios sob suspeitas e mente quando diz que é “amigo da gente”.

Fique de olho e escute bem seus amigos!

Agentes de viagens do Centro Oeste conhecem belezas do litoral paraibano e tradição do ‘Maior São João do Mundo’

Parahyba é destaque em Goiânia

 

ImageImage

 

 Agentes de viagens de Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do sul, Triângulo mineiro e Tocantins conheceram as belezas do litoral paraibano e a tradição do ‘Maior São João do Mundo’, em Campina Grande. A divulgação ocorreu durante o  22º Centro Oeste Tur – Salão de Negócios Turísticos, em Goiânia, nesta quinta-feira (19). A Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis na Paraíba (ABIH-PB) montaram um estande nas dependências do Oliveira’s Place, em Goiânia para atender os mais de mil agentes de viagens esperados pela organização do evento. 

O coordenador de Eventos da PBTur, João Wharles Portela, disse que a participação da Paraíba em eventos como Centro Oeste Tur é importante, necessário. ” Só é lembrado quem é visto. Todos os agentes de viagens que passaram pelo nosso estando receberam um kit (DVD, folder e revista) sobre os nossos principais atrativos turísticos. O destino Paraíba hoje é considerado uma novidade, um roteiro repleto de novidades”, afirmou.

João Wharles avisa que o Centro Oeste Tur é o maior da região e o quinto do Brasil, é voltado exclusivamente para os profissionais de turismo e órgãos especiais do setor. “O Centro Oeste brasileiro é o nosso terceiro maior emissor de turistas. O goiano é apaixonado por praias e quando mostramos nosso litoral, as pessoas ficam encantadas. Não tenho dúvidas que ações como esta são importantes para massificarmos nosso destino turístico”, garante. Os representantes dos hoteleiros de João Pessoa (Hotel Hardman e Tropical Hotels) e Costa do Conde (Jacumã’s Lodge Hotel e, Resort Mussolo).

A Paraíba foi destaque na imprensa local, com destaque para a CBN Goiânia e a TV SERRA DOURADA – SBT local. A assessoria de comunicação da PB-TUR ainda articulou várias produções jornalísticas para divulgação do estado no Centro Oeste. Enquanto os operadores de turismo paraibano  esquentavam os negócios antes e durante o evento.

PARAÍBA é destaque no CENTRO OESTE TUR em Goiânia

‘Destino Paraíba’ é divulgado para 1.100 agentes de viagens no Centro Oeste Tur, em Goiânia

O ‘Destino Paraíba’ vai ser apresentado para cerca de 1.100 agentes de viagens de Goiás, Distrito Federal, Mato Grosso, Mato Grosso do sul, Triângulo mineiro e Tocantins nesta quinta-feira (19), durante  o 22º Centro Oeste Tur – Salão de Negócios Turísticos. A Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis na Paraíba (ABIH-PB) montaram um estande nas dependências do Oliveira’s Place, em Goiânia.

De acordo com os organizadores do evento, o Centro Oeste Tur é o maior da região e o quinto do Brasil, é voltado exclusivamente para os profissionais de turismo e órgãos especiais do setor. O coordenador de Eventos da PBTur, João Wharles, explica que a região do Centro Oeste brasileiro é o terceiro maior emissor de turistas para a Paraíba e o destino precisa ser cada vez mais divulgado. “Sabemos da importância deste mercado para nosso turismo. Iremos divulgar nossos roteiros de Sol e Mar, além do Maior São João do Mundo”, afirmou.

Os agentes de viagens que passarem pelo estande da Paraíba receberão material institucional (folhetos, DVDs e revista). Da parte dos representantes da hotelaria de João Pessoa e Costa do Conde, os visitantes poderão informar-se da infraestrutura turística, valor de tarifas, número de leitos e até negociar pacotes promocionais.

Expositores – A feira profissional de turismo vai ter a participação de 400 expositores que apresentarão as novidades de destinos, roteiros e pacotes de viagens para a próxima temporada. Nos serviços, estão inclusos os pacotes de inverno no Hemisfério Sul e de verão no Hemisfério Norte. “Os brasileiros aprenderam a viajar e estão se programando antecipadamente. É uma ótima oportunidade de os agentes conhecerem as novidades do mercado para levarem os melhores tours para os clientes”, afirma Maria Silvia de Moraes, diretora da Promove Eventos Especiais.

Este ano, segundo os organizadores, a Centro-Oeste Tur terá a presença de mais de 30 operadoras argentinas, chilenas e paraguaias, que disponibilizarão seus produtos e pacotes no evento. Junto à ala internacional, mais 16 estados brasileiros estão confirmados. Entre as empresas nacionais estão Nomandie, Estanplaza, Golden Tulip, Casa Grande Hotel Resort & SPA, Revista Istoé, RCA, GTA, EBUGS, Cotação Câmbio, Pousadas Sudamerica, Taks Tour, Pestana Hotels, Max Savassi Apart Service, My Blue Hotel Jericoacoara, Rio Quente Resorts, Empetur, RIOTUR, Bristol Hotel, Enotel Hotels & Resorts, Pousada dos Pirineus, Castro’s Park Hotel, Secretaria de Turismo de Ilhabela, Secretaria de Turismo de Búzios e Associação dos Hotéis de Porto de Galinhas. Os participantes terão à disposição, transporte partindo de seus destinos até Goiânia num oferecimento da organização do Salão.pa

CONHEÇA A PARAHYBA, TERRA BOA!

Image

PBTur inicia treinamento de agentes de viagens em Goiânia

 

A região do Centro-Oeste brasileiro é atualmente o terceiro emissor de turistas para a Paraiba, de acordo com dados estatísticos da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur). Com o objetivo de intensificar cada vez mais a divulgação do ‘Destino Paraiba’ nos estados de Goiás, Mato Grosso, Tocantins e Mato Grosso do Sul, a PBTur e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis na Paraiba (ABIH-PB) iniciaram nesta segunda-feira (16), a capacitação e treinamento de agentes de turismo em Goiânia da operadora CVC, uma das mais maiores do país.

Durante toda a manhã e tarde desta segunda-feira, o coordenador de eventos da PBTur, João Wharles, e representantes de quatro hotéis de João Pessoa e da Costa do Conde apresentaram os principais atrativos turísticos do Estado para cerca de 50 agentes de viagens. João Wharles explicou que esse workshop junto aos profissionais que vendem pacotes turísticos é necessário. “Muitas vezes o agente de turismo desconhece o potencial de nossos atrativos. Ao realizarmos esses treinamentos, temos a chance de conversar, tirar dúvidas e mostrar nossas potencialidades”, disse.

De acordo com a programação definida pela PBTur e ABIH-PB, a comitiva paraibana realiza nesta terça-feira (17) o segundo workshop na capital goiana. João Wharles informa que neste segundo dia o ‘Destino Paraíba’ vai ser apresentado para os profissionais da operadora Visual. ” Estamos trabalhando com as principais e maiores operadoras do país”, explicou.

Centro-Oeste Tur – Na quinta-feira (19), vai ser realizado no Oliveiras Place’s. De acordo com os organizadores do evento são esperados cerca de 2 mil operadores e agentes de turismo de várias cidades da região. “Estaremos com um stande no local. Iremos ter um contato direto com profissionais de agências de viagens e de outras operadoras”, informou o coordenador de eventos da PBTur.

 

Contato:

AGÊ SANTANA – Assessor da PB TUR

(83) 8828-8369

 

FETAEG TEM NOVA DIREÇÃO E FAZ 1ª REUNIÃO NESTA SEGUNDA

O 9º Congresso dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Estado de Goiás se encerrou neste final de semana, com a eleição e posse da nova diretoria da FETAEG. A chapa “Unidade na Luta”, que tem como lema a união do movimento sindical, foi eleita por unanimidade pelos 172 delegados presentes.

Em seu discurso de posse, o Presidente reeleito, Elias D´Angelo Borges, demonstrou a preocupação com o crescimento do movimento sindical rural no sentido de fortalecer a classe trabalhadora e ampliar a participação dos sindicatos no debate das políticas norteadoras do movimento.  Elias ainda, pontuou a necessidade de que a FETAEG e os sindicatos goianos integrem-se mais efetivamente às discussões em nível nacional, por meio de sua participação na CONTAG e demais instancias do movimento sindical.

Nesta segunda-feira, dia 16/04, a nova direção realiza a 1ª reunião na sede da FETAEG em Goiânia para dar inicio ao planejamento das ações do mandato 2012-2016.

 

Diretoria Efetiva

Presidente – Elias D´Angelo Borges

Vice Pres., Tesoureiro Geral e Sec. Administração – Alair Luiz dos Santos

1º Tesoureiro Geral – Antônio Lucas Filho

Secretário Geral de Política Sindical e Formação – Eleandro Borges da Silva

1ª Sec. Geral e Formação Sindical – Dorislene Luiza Pereira

Secretário de Política Agrária e Meio Ambiente – Luiz Pereira Neto

1º Secretário de Política Agrária e Meio Ambiente – Celino Pereira Pinto

Secretária de Agricultura Familiar – Sandra Pereira de Faria

1º Secretário de Agricultura Familiar – João Inácio Dutra

Secretário de Assalariados – José Maria de Lima

1º Secretário de Assalariados – Romildo Silva de Assis

Secretária de Políticas Sociais – Sueli Pereira e Silva

1º Secretário de Políticas Sociais – Walter Moreira dos Santos Filho

Secretária de Mulheres Trabalhadoras Rurais – Sandra Alves Lemos

1ª Secretária de Mulheres Trabalhadoras Rurais – Hilda Ferreira da Costa

Secretária da Juventude Trabalhador Rural – Eliane Divina Pereira de Souza Rosa

1º Secretário da Juventude Trabalhador Rural – Liberalino de Oliveira Neto

 

Suplentes da Diretoria

Cassimiro Raimundo Garcia

José Jacson Ribeiro

Ilda Aparecida Alves Arruda

Edimilsa Ferreira França

Neli Maria dos Santos

José Moreira dos Santos

Maria Aparecida dos Santos Fernandes

Orcidio Carlos de Oliveira

Ederjon Fernandes Braga

 

Conselho Fiscal

Efetivo:

Sebastião Bonfim de Jesus

Joel Lima Soares

Roseli de Freitas Souza

Suplente:

Manoel Ribeiro da Costa Filho

Mônica Pereira O. Nunes

Divino Eugenio Sebastião Sobrinho

 

 

 

CONTATO – Elias D’Angelo Borges )62) 8118-3937

BARBA, CABELO, BIGODE E POLÍTICA

 

Image 

“A vaidade é feita de navalhas, cortes e objetividade: ser homem, ser macho e ser belo. O cuidado consigo, a experiência de se ver e estar entre os iguais faz da visita um encontro e um prazer. Estar ali é uma filosofia de vida. É um estilo de ser. (Tião Barbeiro,79 anos, mora em João Pessoa-PB)

 

Leonino Caiado, Iris Rezende, Irapuan Costa Jr., Maguito Vilela, ex-governadores, Paulo Garcia, prefeito de Goiânia, e uma legião de políticos com ou sem mandatos, escolhem a Barbearia New Star para cuidar da beleza e atualizar os papos políticos em Goiânia.

 O empresário Ruimar Ferreira exerce o ofício de barbeiro, herdado por seu pai, Waldemar Ferreira, há mais de 30 anos. “Eu sou barbeiro e, aqui, só atendo homens” – afirmação já conhecida na entrada do estabelecimento, que diz “exclusivamente masculino”. A barbearia tem ambiente requintado e faz um trabalho completo: cabelo, barba, bigode, podologia e limpeza de pelo. E mesmo sendo exclusivamente para homens, tem 6 profissionais mulheres que atendem os cliente e quebram o gelo do  ambiente “másculo”.

O profissionalismo do barbeiro é o segredo da boa clientela: Ruimar segue à risca o rito da profissão e se relaciona muito bem com políticos, empresários, agropecuaristas e personalidades, o que, na opinião dele, atrai mais curiosos e gente que deseja saber detalhes dos seus clientes. “Sou ético e profissional, falo o necessário e guardo segredos do cliente, pois muita gente vem à barbearia somente para relaxar e conversar, aproveitando o momento para se embelezar”, declara o barbeiro.

Ruimar Ferreira faz questão de dizer que vive bem sem celular e sem computador. “Nunca usei celular”, afirma. “O meu neto Pedro Henrique é quem cuida da minha parte tecnológica; minha esposa, Janete Ferreira, é minha gerente e administra os negócios da barbearia.”

O ambiente tem estilo de grande negócio, e além da presença de profissionais femininas, conta com biblioteca (homenagem à Ursulino Leão, escritor goiano) e ambientes reservados para podologia e limpeza de pele. Assim, a barbearia não perde seu glamour de antiguidade, mas incrementa com ares de modernidade, localizada em setor nobre da capital goiana (Setor Oeste – Praça Tamandaré).

A atração do cliente da barbearia, segundo Ruimar, é ter a garantia de usar um secador de cabelos, fazer unhas, limpeza de pele e uma barba relaxante, com conforto e privacidade. “Com o fim dos salões de beleza, garantimos a sobrevivência das barbearias para combater os atendimentos unissex”. Quem pensa que isso é conservadorismo, está enganado, pois o tom masculino e elegante da Barbearia New Star mostra como os homens são vaidosos e assíduos. Enquanto isso, Ruimar Ferreira garante a sobrevivência do seu empreendimento fazendo barba, cabelo e bigode, falando sobre política e cultivando amigos e clientes.

 

Luiz Henrique Parahyba, jornalista.

 

 

LEMBRANÇAS DA DITADURA MILITAR

Imagem

Eu ficava ansioso para compreender o porque da reunião secreta, nos fundos do Lyceu Paraibano; o ano era 1979, quando uma manifestação dos professores da rede estadual de ensino, me leva às ruas. Tome polícia, gritos e tentativas de abafar a manifestação dos professores. Apanhei um pouco e resisti na luta. Senti que estava verdadeiramente na DITADURA, mesmo sendo do ano da anistia política.

Essa manifestação foi a coroação do que eu já pensava em 1978, ainda no Instituto Dom Adauto, no bairro de Jaguaribe, onde eu e outros colegas já articulávamos um Grêmio Estudantil. Na Torre, participava dos movimentos dos Bairros, quando conheci lutadores como João Balula e outros.

O meu entendimento era real, pois sabia que tinham dois partidos políticos – ARENA e MDB – e que meu pai Tião Barbeiro era partidário da Arena, ou seja, não concordava com o que eu pensava em defender, e ele ainda era influenciado pelos seus amigos do poder, para evitar que eu me envolvesse em atos subversivos. Mas de nada adiantou. Eu sentia que estava vivendo uma ditadura, e com a turma do fundão do Lyceu Paraibano, catarolavamos músicas de Chico Buarque, e eu com tendência para tocar pandeiro, já fazia a percussão…

No acampamento dos Sem Terra de Camucim, eu era menor-aprendiz do Banco do Brasil. Um grupo de funcionários do BB resolveu promover atos solidários aos trabalhadores acampados na Praça João Pessoa. Meus olhos e meu sangue ardiam; fui também para o ato. Logo fui chamado pelo gerente administrativo do Banco, para reclamar minha ação. Confirma-se o período de repressão e falta de liberdade, mesmo pós-anistia e pré-abertura política. Nesse mesmo período, os partidários palacianos, reclamavam ao meu pai Tião Barbeiro, que eu estava em atos contra o governo, e estava mesmo. Recebi várias pressões, mas não abri mão do que acreditava, que seria a liberdade de manifestação e acima de tudo a luta pela democratização.

Ainda na década de 80, vivendo anos da DITADURA, participei de Encontros de Estudantes Cristãos e com minha entrada do Seminário Diocesano, fiquei ainda mais convicto das minhas ideias, com os estudos da Teologia da Libertação.

Até hoje sofro consequências dos atos praticados no período de dirigente estudantil com o conhecido “CASO PRAC” na UFPB, quando ocupamos a reitoria na luta pela melhoria do ensino e gratuidade do Restaurante Universitário. Há pouco mais de 3 anos, durante uma blitz rodoviária na BR 060, em Goiás, fui humilhado e coagido por um agente público, que encontrou no sistema INFOSEG, dados sobre minhas ações. Representei contra o agente público e vou solicitar a retirada dos meus dados desse sistema. Assim vivi os meus 48 anos, com a Ditadura e agora tentando ajudar a construir um país livre e democrático. Espero que até a COPA de 2014, quando também completarei 50 anos, o BRASIL tenha passado a limpo toda essa farsa da “revolução” e puna os tiranos, apresentando os resultados da COMISSÃO DA VERDADE!

LUIZ HENRIQUE, paraibano da Nação Torre, jornalista, reside em Goiás e continua  na luta há 48 anos.