FNDC realiza debate sobre comunicação, sistema político e democracia

Escrito por: Redação FNDC

O encontro, que é aberto ao público, ocorrerá no dia 15 de agosto, a partir das 19h, no Sindicato dos Jornalistas no Estado de São Paulo.

No dia 16, será realizada reunião do Conselho Deliberativo do Fórum

 

Para aprofundar a reflexão sobre as relações entre mídia e estruturas de poder no país e avançar na luta pela democracia no Brasil, o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) realizará o debate “Comunicação, Sistema Político e Democracia”. O ato político será aberto ao público e ocorrerá na próxima sexta-feira, dia 15 de agosto, às 19h, na sede do Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo. Para abordar o tema sobre várias perspectivas, os convidados são Laurindo Lalo Leal Filho, professor da USP (Universidade de São Paulo); Paola Estrada, da Secretaria Operativa Nacional do Plebiscito Popular da Constituinte; e Rosane Bertotti, secretária nacional de comunicação da CUT e coordenadora-geral do FNDC.

Na avaliação do FNDC, para democratizar a democracia são urgentes tanto a reforma política quanto a democratização da comunicação no Brasil. Por isso, a necessidade de discutir conjuntura, estratégias e planejar ações articuladas em torno do Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político, da Campanha Para Expressar a Liberdade, e do projeto de inciativa popular da Lei da Mídia Democrática (saiba mais). “A democratização da comunicação é parte estratégica na luta por uma democracia de fato e como processo de cidadania brasileira”, ressalta a coordenadora geral do Fórum, Rosane Bertotti. Ela destaca ainda o engajamento do FNDC na defesa de um plebiscito para uma nova reforma política.

“Nesse momento eleitoral no Brasil, realizar essa discussão aberta, com participação de outras organizações, é novamente colocar o FNDC como um ator preponderante no debate da política e da democracia”, avalia. Na XVIII Plenária realizada em abril deste ano, o FNDC aprovou apoio total e irrestrito ao Plebiscito Popular. A realização do debate consolida essa aliança programática pela transformação do sistema político e a aprovação de um novo marco regulatório das comunicações.

Reunião do Conselho Deliberativo

No sábado, dia 16 de agosto, o Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação reunirá membros do seu Conselho Deliberativo, comitês regionais e representantes de entidades associadas, para discutir e encaminhar processos políticos e organizativos do Fórum. Esta é a primeira reunião do novo Conselho Deliberativo, eleito na XVIII Plenária, para o mandato 2014-2015.

É papel do Conselho Deliberativo definir e orientar o programa anual das atividades sociais do FNDC. Assim, a principal pauta desta reunião do Conselho Deliberativo será a discussão sobre a implementação das estratégias definidas na Plenária. “A ideia é que a gente possa fazer a discussão sobre nossos processos internos e organizativos. Debater como potencializar nossos comitês estaduais e regionais, como a gente amplia a participação dentro do FNDC, como fortalecer os instrumentos de decisão, o próprio Conselho Deliberativo e a Executiva do Fórum”, detalha Rosane Bertotti.

Também serão discutidas ações de mobilização pela democratização dos meios de comunicação, a atuação do FNDC no âmbito do projeto de Lei da Mídia Democrática, ações na área da comunicação pública, do marco civil da internet, entre outras pautas centrais.

A atual composição do Conselho é formada pela Federação Interestadual dos Trabalhadores em Telecomunicações (FITTEL), Associação Brasileira das Emissoras Públicas Educativas Culturais (Abepec), Clube de Engenharia, Comitê pela Democratização da Comunicação do Pará, Comitê pela Democratização da Comunicação de Minas Gerais, Comitê pela Democratização da Comunicação de Santa Catarina, Comitê pela Democratização da Comunicação do Distrito Federal, Comitê pela Democratização da Comunicação de Pernambuco, Associação Mundial de Rádios Comunitárias (Amarc), Associação Brasileira de Radiodifusão Comunitária (Abraço), União dos Negros Pela Igualdade (Unegro), Confederação Nacional dos Trabalhadores em Seguridade Social (CNTSS), União Nacional dos Estudantes (UNE) e Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB).

A reunião do Conselho Deliberativo do FNDC, voltada para entidades associadas ao Fórum, ocorrerá no sábado (16), pela manhã e à tarde, na sede do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé (Rua Rêgo Freitas, 454, 1º andar, Centro, São Paulo/SP).

 

SERVIÇO

Debate: Comunicação, Sistema Político e Democracia (aberto ao público)

Data: Sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Hora: 19h

Local: Sindicato dos Jornalistas do Estado de São Paulo (Rua Rêgo Freitas, 531, sobreloja, Centro, São Paulo/SP).

LANÇAMENTO DA CANDIDATURA DE OLAVO NOLETO DEPUTADO FEDERAL COM A PRESENÇA DA MINISTRA MIRIAM BELCHIOR

“Quero mudar o jeito de fazer política em Goiás, ser o candidato das grandes causas, e defender o projeto da presidenta Dilma de continuar melhorando a qualidade de vida dos cidadãos.” Olavo Noleto, candidato a Deputado Federal.

 

OLAVO NOLETO que atuou durante 12 anos na interlocução do Governo Federal com os prefeitos de Goiás, nos Governos Lula e Dilma, lança sua candidatura à Câmara dos Deputados, neste  sábado, 02 de Agosto, às 9h da manhã,  com a presença da Ministra do Planejamento, Miriam Belchior, do candidato ao Governo de Goiás, Antônio Gomide, e seu vice, Tayrone, da candidata ao Senado, Marina Sant’Anna, dos candidatos a deputados(a) estaduais e da militância do Partido dos Trabalhadores e apoiadores. O evento acontece no Master Hall, na Rua 23, n.40 – Santo Antônio, Goiania – GO. Os apoiadores (as)  da candidatura Olavo Noleto vão adesivar os carros e colocar a campanha nas ruas. “Vamos receber os militantes de Goiânia, Aparecida e interior, que dão o tom da campanha e colocam nosso projeto político nas ruas, escolas, sindicatos e seguimentos organizados da sociedade”, disse Olavo Noleto.

 

Conheça um pouco sobre OLAVO NOLETO:

 

HISTÓRIA, SONHO E CORAGEM

 

Nascido em Goiânia, Olavo Noleto Alves, 40 anos,  construiu uma trajetória desde cedo identificado com os ideais do PT – de defesa da liberdade, da democracia, dos direitos humanos e da melhor distribuição de riquezas e oportunidade no Brasil

Liderança Estudantil –

Na universidade integrou o Centro Acadêmico de História da UFG e a diretoria da UNE (União Nacional dos Estudantes). Também foi secretário municipal, estadual e coordenador nacional da juventude do PT.

Liderança Política –

Em 1999, Olavo assumiu  a presidência do PT em Goiânia. Na administração do prefeito Pedro Wilson, foi chefe de gabinete .Em 2002, foi secretário da Frente Nacional de Prefeitos e por esta atuação foi convidado pelo Presidente Lula para  ser secretário adjunto de assuntos federativos da Presidência da República.  Depois assumiu a Secretaria de Assuntos Federativos. Olavo Noleto  ficou 12 anos na Presidência da República durante os governos Lula e Dilma.

Liderança Administrativa –

Como Secretário de Assuntos Federativos da Presidência, Olavo participou diretamente da elaboração dos principais programas federais e  foi um dos responsáveis pelas interlocução  do Governo Federal com os governadores (as) e prefeitos (as). Além disso, Olavo ajudou a maioria dos municípios goianos, através dos programas Mais Médicos, PAC Saneamento, Programas de Máquinas  da Agricultura Familiar.

Deputado Federal –

          Olavo Noleto agora é candidato a deputado federal, com o número 1314. Vamos juntos, eleger um DEPUTADO FEDERAL comprometido com a construção de um mundo melhor para todos e todas, um DEPUTADO que tenha  História, Sonho e coragem.