LAERTE JÚNIOR

FPF em boas mãos

Conheça o jeito da nova direção da FEDERAÇÃO PARAIBANA DE FUTEBOL

 

João Bosco Luz, advogado atuante é respeitado em Goiânia, foi presidente no começo desta década do meu Goiás Esporte Clube. E foi um bom presidente. Aliás, o último comandante do Verdão a dar alegria ao torcedor, pois foi campeão da série-B do Brasileirão, devolvendo o time à Serie-A. Depois dele o Goiás despencou ladeira abaixo e está até hoje da segunda divisão. João Bosco é um dos advogados que mais conhecem a legislação esportiva. Se especializou nessa área. Acredito que pra comandar a Federação Paraibana de futebol, envolvida em um festival de maracutaias, é um bom nome.

Não sei se na Paraíba tem algum dirigente com as mãos limpas pra assumir a FPF. Seria melhor alguém de casa. Mas acredito que das pessoas além fronteira o João Bosco é um dos bons nomes. Sério, ponderado, aberto ao diálogo e um profundo conhecedor do futebol, seus bastidores e suas leis. O futebol da Paraíba ganha com o interventor goiano. Que fique claro que sou contra intervenções, mas na atual situação da FPF é necessária até que haja eleição. Estamos prestes a ver um time alagoano, o CSA, subir pra serie-A do Brasileirão. Por que não um time da Paraiba ? Se Alagoas consegue a Paraíba também pode.

Pra isso acontecer é preciso organizar melhor o futebol no estado. As irregularidades cometidas nos últimos anos que fiquem no passado e os culpados punidos. Os clubes paraibanos precisam se fortalecer, profissionalizar e ganhar espaço no Brasil. A última vez que estive em João Pessoa, há 1 ano e meio, procurei nas lojas uma camisa do Auto Esporte e não achei. Só tinha do Botafogo e do 13. Um futebol competitivo se faz com clubes fortes, com rivalidade e crescimento da torcida.

Quem sabe com uma Federação forte e honesta o futebol da Paraíba volte a crescer e ser visualizado positivamente no cenário nacional. E o dr. João Bosco pode ajudar. É um bom nome sim pra dar uma cara nova à Federação e ao futebol da Paraíba. Torço pra que ele tenha sucesso, arrume o que está estragado e recoloque o futebol paraibano em seu devido lugar.

LAERTE JÚNIOR

Laerte Júnior é jornalista e radialista em Goiânia-GO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *