3DECD44F-C6FB-4306-B5A1-D0F2FCFC221C

Dirigentes sindicais da Bahia fortalecem a luta pela previdência social

Dirigentes sindicais de 20 municípios do Polo Sindical da Região de Jequié-BA, tornaram a Roda de Conversa sobre  Comunicação, ocorrida no dia 10 de março, em uma pauta de construção de Luta pela Previdência Pública e de fortalecimento dos sindicatos. O encontro na cidade de Jaguaquara-BA, definiu uma pauta de trabalho, com participação dos secretários da FETAG-BA Wellinton dos Reis Santos e  Luciana Santos de Oliveira.
3DECD44F-C6FB-4306-B5A1-D0F2FCFC221C
 “ A PEC (06/2019) da Reforma da Previdência, mostra a maldade do governo federal contra a classe trabalhadora, pois  apresenta um conjunto de alterações nas regras da Previdência que inviabiliza o acesso dos trabalhadores e trabalhadoras rurais à proteção previdenciária”, disse Marco Antonio durante a Roda de Conversa, o que motivou os sindicalistas para definição de uma estratégia  de luta e mobilização.
B9A9152B-9324-4D34-9015-0FB95B5D0607
Os dirigentes da FETAG-BA, vão encaminhar as propostas da realização da Semana de Luta pela Previdência Pública e a Seguridade Social e a campanha de sindicalização, para a diretoria da entidade. “Nós ficamos animados com essa iniciativa do Polo de Jequié, e estaremos juntos na luta”, afirmou Luciana Santos, diretora de política social da FETAG.
O jornalista Luiz Henrique Parahyba, que foi facilitador da Roda de Conversa, garantiu aos dirigentes que em até 30 dias irá apresentar uma proposta final de “Campanha de Sindicalização” para as entidades do polo sindical de Jequié. “Vamos aproveitar a mobilização da luta pela previdência e vamos mostrar as trabalhadoras e trabalhadores rurais e importância de ser sindicalizado e lutar de forma coletiva”, afirmou Luiz Parahyba.
O encontro também teve a participação de entidades urbanas e do presidente da CTB – Central dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil – Celso Argolo, que assegurou reforçar a mobilização da semana de luta pela Previdência Pública e Seguridade Social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *