Rurais se encontram em BSB e vão eleger um goiano para a CONTAG

Trabalhadores e Trabalhadoras aguaram a Presidenta Dilma hoje às 18h

Até sexta-feira, 8, cerca de 2500 trabalhadores e trabalhadoras rurais de todos estados, participam do  11º Congresso da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (Contag), o evento foi aberto na noite desta segunda-feira, na capital federal, com as presenças dos ministros da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, e do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas.  Hoje quem participa do evento é a Presidente Dilma Rousseff, ela deverá anunciar medidas para melhorar a situação dos trabalhadores rurais brasileiros. O evento está ocorrendo no Centro de Convenções Ulisses Guimarães. Amanhã os trabalhadores e trabalhadoras farão uma caminhada na Esplanada dos Ministérios.

Na abertura, a delegação goiana comemorava a escolha do goiano Elias D’Angelo Borges,  que será eleito secretário nacional de assalariados rurais da CONTAG. Elias, é atualmente o presidente da FETAEG e reside no município de Morrinhos-GO. A Federação de Goiás levou para Brasília 50 delegados e delegadas, além da participação de todos os diretores da entidade.

Com o auditório lotado no Centro de Convenções de Brasília, o presidente da Contag, Alberto Broch, abriu o congresso comemorando os 50 anos da CONTAG. . “São 50 anos que nos enchem de orgulho com as conquistas obtidas. Que significaram melhorias concretas para milhões e trabalhadores do Brasil. Neste congresso vamos tomar decisões para o fortalecimento do nosso movimento. Precisamos refletir e tomar decisões sobre o sindicalismo”.

O Congresso da CONTAG discute, dentre outro temas,  a implantação de um Projeto Alternativo de Desenvolvimento Rural Sustentável e Solidário (PADRSS), que segundo Elias D`Angelo Borges, tem como objetivo melhorar a situação dos agricultores familiares e assalariados rurais, em contraposição ao modelo atual no Brasil.

Os Participantes do 11˚ Congresso da Contag, na comemoração dos 50 anos da entidade, estão fazendo o resgate da  memória camponesa, com instalação de painéis que retratam os crimes do tempo da ditadura militar no Brasil. A exposição de fotos e vídeos, mostra o período do governo militar, quando os trabalhadores eram expulsos do campo e muitos assassinatos de lideranças sindicais. Na abertura do evento, foi realizado um seminário  Seminário Internacional sobre Violência no Campo, realizado, que foi aprovou  uma  Carta Aberta titulada “Violência no Meio Rural: A Favor da Vida e da Paz” que será entregue aos governos da América Latina e às organizações da sociedade civil.  O documento é um instrumento de pressão e de proposição de políticas públicas que visam diminuir os conflitos no meio rural.

Trabalhadores e Trabalhadoras rurais Brasil, Colômbia, Guatemala, Nicarágua, Paraguai e Chile estiveram juntos no Seminário com o objetivo de aprofundar a discussão sobre a manutenção e o agravamento da situação de desrespeito e violação aos direitos humanos no meio rural.

Na quarta-feira os trabalhadores e trabalhadoras  de Goiás participam a 6˚ marcha das Centrais Sindicais e Movimento Sociais, com a CUT – Central Única dos Trabalhadores e as demais centrais, com o apoio dos movimentos sociais, trabalhadores e trabalhadoras do campo e da cidade vão ampliar a pressão sobre o governo federal e o Congresso Nacional pela retomada dos investimentos públicos, em defesa da produção, de salários e empregos de qualidade no Brasil.

 

FOTOS – www.flickr.com/luizparahyba

2 comments

  • NILZA HELENA DE JESUS MOREIRA

    ESSA CONTAG É MESMO PORRETA SINTO MUITA FALTA MAIS DESDE QUE FUI EXCLUIDA POR UMA PRESIDENTE Q EU MESMA A FIZ A SIM SER CHAMADA É Q ME OBRIGARAM A AFASTA DO MOVIMENTO COM TRAIÇOES E ARMAÇOES , MAIS ACHO Q VOU SER SEMPRE APAIXONADA PELA CONTAG E O MOVIMENTO SOCIAL, E ESSE 11º CONGRESSO ESTA DIVINO ESTOU ACOMPANHADO AQUI DO MEU ASSENTAMENTO, NO MUNICIPIO DE ÁGUA FRIA DE GOIAS PELA INTERNETE E ESTOU ADORANDO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *